Sep 1, 2017

A kombucha: 7 propriedades demostradas pela ciência

kombucha, propriedades

A kombucha é um chá fermentado originário da China do século III aC. Ficou também conhecido na Rússia, Índia e Japão, onde passou a ser uma presença constante entre os guerreiros samurais.

A Kombucha é feita com chá verde, preto ou branco. Trata-se de um chá fermentado durante pelo menos uma semana com açúcar e uma mistura de fungos, bactérias e levaduras. Trata-se de uma bebida probiótica com bactérias que auxiliam a digestão e fortalecem o sistema imunológico. Também contém enzimas, aminoácidos, antioxidantes e polifenóis.

Recentemente, os investigadores da Universidade da Letónia reuniram 75 estudos que comprovam as propriedades benéficas da kombucha para a saúde. Vejamos algumas delas:

Desintoxicante

Contém quantidades substanciais de ácido glucurónico, conhecido pelas suas propriedades desintoxicantes. Mistura toxinas tais como produtos farmacêuticos e contaminantes ambientais, transforma-os em compostos solúveis para que possam ser expulsos pelo corpo. Também ajuda a prevenir a absorção de toxinas pelos tecidos.

 Antioxidante

A kombucha contém grandes quantidades de antioxidantes, incluindo vitaminas E, C, betacaroteno e outros carotenóides. De igual forma que o chá preto, também contém polifenóis e outros compostos com propriedades antioxidantes. Mas, por ser fermentado, é muito mais eficaz que o chá normal. Ficou provado que a sua atividade antioxidante é 100 vezes superior à da vitamina C e 25 vezes superior à da vitamina E. Motivo pelo qual o consumo de kombucha pode ajudar a curar doenças crónicas causadas pelo stresse oxidativo.

Imunidade

O stresse oxidativo afeta o sistema imunológico mas os elevados níveis de vitamina C que contém, fortalecem a imunidade. O seu poder antioxidante também protege contra os danos das células, as doenças inflamatórias, a imunidade suprimida e os tumores.

 Doenças gástricas

Ficou demonstrado que cura eficazmente a ulceração gástrica. Os investigadores acreditam que o chá fermentado protege o conteúdo da mucina do estômago. A sua atividade antioxidante também protege o revestimento do intestino.
Para além disso reduz a secreção de ácido gástrico que pode danificar a membrana mucosa. Na verdade, ficou comprovado ser tão eficaz como o omeprazol mas sem os efeitos secundários.

 Toxicidade renal

Também pode ajudar a eliminar os danos renais causados por poluentes ambientais, sendo benéfico para pacientes que sofrem de insuficiência renal. Previne a calcificação nos rins e formação de pedra nos rins.

 Sistema nervoso

Contém vários aminoácidos, alcaloides de metilxantina (cafeína, teofilina e teobromina), ácido ascórbico (vitamina C) e vitaminas B (incluindo ácido fólico-B9), necessários ao metabolismo normal do sistema nervoso. Pode aliviar as dores de cabeça, o nervosismo e ajuda a prevenir a epilepsia. Também pode prevenir a depressão nos mais idosos.

 Infeções resistentes aos antibióticos

 Antibacteriano com propriedades para combater doenças infeciosas como a difteria, a escarlatina, a gripe, a febre tifoide, a febre paratifoide e a disenteria.  A sua elevada acidez total torna-a eficaz contra Helicobacter pylori, Salmonella typhimurium, Staphylococcus aureus e Bacillus cereus.

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.