Dec 26, 2018

Por que razão os suplementos de vitamina B12 contêm cianeto?

Suplementos de Vitamina B12

A maior parte dos consumidores desconhece que o cianeto está presente numa ampla gama de vitaminas e alimentos numa forma conhecida como cianocobalamina.
Felizmente, o cianeto tem um potencial muito baixo no que diz respeito a provocar danos, porque está ligado organicamente à cobalamina (vitamina B12), o que ajuda à sua eliminação do organismo. No entanto, será perfeitamente removido, sempre que o organismo estiver a funcionar corretamente e desde que a pessoa não possua uma exposição significativa a substâncias químicas ambiental ao cianeto ou compostos xenobióticos relacionados.

A cianocobalamina está presente em 99% das vitaminas do mercado que contêm B12, porque é relativamente barata (recuperada a partir das lamas de águas residuais ativadas ou produzida por síntese química total) e estável (não perecíveis).
Apesar da sua ampla utilização, não é uma forma ideal de vitamina B12, uma vez que o cianeto deve ser eliminado da cobalamina antes de conseguir cumprir as suas funções biológicas essenciais no organismo. Apesar da diversidade existente de estudos sobre o valor potencial da vitamina B12 ligada ao cianeto, também tem potencial para causar danos.

Na verdade, quando uma pessoa padece de envenenamento por cianeto, como por vezes acontece após a inalação de fumo, o que é lhe é administrado para remover o cianeto? A hidroxocobalamina, uma forma natural da vitamina b12, que se liga facilmente ao cianeto e se transforma em cianocobalmina (que retira o cianeto, colocando-o numa situação ideal para desintoxicação e eliminação), que posteriormente é excretado rapidamente do corpo através dos pulmões e rins.

Vitamina B12

As pessoas com mais peso ou maior exposição ao cianeto, como por exemplo os fumadores, são menos propensos a serem capazes de desintoxicar efetivamente o cianeto adicional consumido através da sua dieta ou suplementos, que torna os níveis aparentemente benignos encontrados em algumas vitaminas e alimentos sejam um verdadeiro problema.

Na verdade, esta não é a primeira vez que pondera a eventual toxicidade da cianocobalamina. Em 1992 foi publicado um relatório da Royal Society of Medicine dos Estados Unidos onde se discutia a sua retirada da utilização nos suplementos com vitaminas. Outro estudo publicado em 1997 na revista Blood, confirmou que a cianocobalamina “antagoniza a vitamina B12 in-vitro e provoca a morte celular por deficiência de metionina” .
O cianeto em forma não vitamínica, obviamente, é extremamente tóxico. Curiosamente, a cianocobalamina é classificada como um poluente ambiental (no ar) perigoso, conhecida por causar problemas graves de saúde.

Uma abordagem completamente diferente para manter os níveis adequados de vitamina B12 é através do apoio à microbiota do intestino, uma vez que estas bactérias benéficas são proficientes na produção desta vitamina essencial. Lactobacillus reuteri, por exemplo, tem sido estudada pelas suas propriedades produtoras de vitamina B12. Outras fontes de alimentos de B12 biologicamente ativa incluem cogumelos brancos, espirulina e chlorella.

 A forma ideal da vitamina B12 suplementar é a metilcobalamina, que embora seja mais cara, é capaz de absorver muito bem por via sublingual e está preparada para as células na forma de metilo.
Também é necessário ter em conta que a categoria de medicamentos conhecidos como inibidores da bomba de protões (bloqueadores do ácido do refluxo) evitam a absorção de vitamina B12 e os alimentos no microondas também desativam esta vitamina.

Finalmente, é necessário ter em conta que se ao realizarmos o nosso teste de vitaminas, contatarmos uma deficiência de vitamina B12, é necessário avaliar se o problema tem origem no tipo de dieta (alimentação carente de proteínas) do paciente ou realizar um teste do aparelho digestivo para avaliar a possibilidade da existência de um problema ao nível das membranas mucosas, infeções latentes, metais pesados ou qualquer outra causa que tenha reduzido a capacidade do mesmo.

 

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.